23 anos com SIDA

O sofrimento causado por um diagnóstico incurável conduziu Rosa a um estado depressivo para o qual a mesma não via qualquer saída

“A minha vida antes era completamente triste e depressiva. Tinha de tomar comprimidos para dormir, pois não conseguia descansar. Tudo devido ao problema de saúde que carregava comigo há 23 anos, o vírus da Sida. Tomava medicação muito forte e que me causava muito sofrimento, desde insónias a nervosismo.”

Tudo ou nada.

“Na Igreja Universal aprendi a colocar a minha fé em prática e decidi lançar-me no Altar de Deus. Na altura, estava a decorrer o propósito da ‘Água Consagrada’ e entrei na ‘Campanha de Golias’, pois, para mim, era o tudo ou nada, não aceitava as melhoras, só a cura. Há seis meses atrás, quando voltei à médica, esta ficou surpresa com o resultado do exame, porque não havia nada no meu sangue, estava curada! Depois disso, comecei a ganhar peso, passei a dormir bem e hoje tenho paz e uma saúde perfeita.”

Rosa Figueiredo Universal Portugal

Fonte: Folha de Portugal