Evento Creia

creia2Vivemos num mundo caótico, onde existem milhões de pessoas que pensam em desistir dos seus sonhos, projetos, objetivos e até mesmo de viver… E porquê? A resposta é simples! PORQUE ELAS DEIXARAM DE CRER!

E deixaram de Crer em quê?

  • Deixaram de Crer que podem ser curadas, por causa de um mau diagnóstico recebido; diante de enfermidades cuja medicina é limitada, devido aos seus escassos recursos; diante de enfermidades sem diagnóstico…
  • Deixaram de Crer na realização sentimental, devido a terem sido dececionadas por diversas pessoas que, visando o próprio benefício, a traíram, magoaram e humilharam… deixando nelas um grande rasto de dor e sofrimento…
  • Deixaram de Crer no avanço profissional, por causa da crise, dívidas descontroladas, baixo salário, quebra da empresa diante das ameaças
    recebidas…
  • Deixaram de crer que é possível dar a volta por cima diante da miséria e desolação financeira, já não creem que possam mudar o quadro negativo da sua economia…
  • Deixaram de Crer na família… por incrível que pareça, existem pessoas que odeiam a palavra “família” diante das constantes brigas, vícios e separações. São notícias assustadoras, de filhos contra os pais e de pais contra os próprios filhos. As famílias estão a ser dilaceradas, não existe respeito, nem união. Por estas e outras causas, muitos já não creem na instituição mais antiga do mundo, que se chama: Família.
  • Deixaram de Crer que é possível que se tenha paz, diante de um mundo de guerras.

Todavia, CRER é uma capacidade inata ao ser humano, nasceu com cada um de nós, a qual você pode ativar e desativar quando assim o desejar! E ainda que você afirme a pés juntos que não crê em nada, nem em ninguém, a realidade é bem diferente, mas é claro, tudo depende da sua própria vontade!

“Tudo é possível ao que CRÊ.”

(Marcos 9.23)

Por este motivo, gostaríamos de convidá-lo fazer parte dos que Creem, porque nós cremos em si e que tudo irá mudar!

Nós vamos ajudá-lo a CRER, certo? Para que você supere todos os problemas que o têm feito duvidar!

Não se trata de religião ou de tentá-lo convencer de algo, mas apenas que você Creia que a saída que há tanto tempo procurava finalmente chegou!

A sua vida pode mudar, sim! Porque, se você cria que tudo estava perdido, ative a sua Crença contrária, pois será esta que irá determinar a hora da mudança!

Lance-se nesta demanda, crendo que o seu pára-quedas irá abrir, que a sua rede de segurança não irá falhar! Aceite o nosso convite, pois apenas O CRER ESTÁ PERTO DO REALIZAR!

BrunoGUimaraes“Casamento Transformado”

“Eu era um jovem que vivia sempre irritado, com o coração pesado, apertado, diante de qualquer situação. Inclusive, tinha muita dificuldade em controlar esses sentimentos, era uma guerra interior muito grande. Esses problemas tiveram a sua origem, principalmente, na relação com a minha esposa, que era conturbada, problemática, cheia de discussões e brigas. E, com o tempo, essa situação só foi piorando.

Quando cheguei ao Centro de Ajuda, através da minha Fé-Inteligente, o meu casamento transformou-se realmente numa união feliz. Hoje, sou um novo homem, tenho ânimo e sou realizado.”
Bruno Guimarães

AldaJobst“Venci o Cancro!”

“Quando perdi o meu negócio, acumulei muitas dívidas, contudo, o pior não foi perder tudo, mas as doenças. Sofria de gastrite aguda, anemia, triglicerídeos, glicose e colesterol muito altos. Tinha ainda um sangramento que durou mais de 35 dias. Cheguei a procurar várias vezes os médicos, até que fui enviada para um hospital especializado em doenças oncológicas, onde fui diagnosticada com um cancro no útero.

Ao chegar ao CdA, aprendi a não aceitar aquelas enfermidades. Então, clamei e busquei a Deus. No dia em que ia começar a quimioterapia, os exames mostraram que o meu útero não tinha mais nada. Hoje, tenho saúde, paz e sou feliz.”
Alda Jobst

Domingo, 14 de fevereiro, às 10h

Sede Nacional
4, Place de Strasbourg
Luxemburgo, Luxembourg Ville

E em todos os Centros de Ajuda do país

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *