Mensagem

Perseguição na África

Olá, bispo!

Estou escrevendo ao senhor apenas para comunicar o ocorrido aqui na África Central.

Semana passada, houve um atentado do grupo muçulmano Seleka a algumas igrejas cristãs, em um bairro aqui da capital. Cinco pastores foram mortos.

Devido a isso, a milícia cristã invadiu o bairro muçulmano e matou sete muçulmanos – seis queimados e um decapitado.

Neste domingo, tivemos na reunião principal 712 pessoas. Quando acabei a reunião, fui informado que havia dois policiais de guarda na porta da igreja para fazer a segurança, eles foram enviados pelas autoridades locais, pois estava sendo anunciado na rádio que esse grupo rebelde estava programando um ataque às igrejas cristãs. Quando eu conversei com os militares, eles confirmaram essas informações.

Bispo, aqui estamos na fé e 100% tranquilos. O motivo para estar escrevendo não é por medo ou nada do tipo, é apenas para que o senhor esteja ciente do acontecido.

Desde sexta-feira, eles cortaram o abastecimento de água e luz. Estamos usando somente o gerador, até que se resolva o problema. Mesmo com tudo isso, a igreja hoje estava lotada, graças a Deus!

Vejo como um bom sinal o fato de autoridades enviarem a polícia, porque isso mostra que a Igreja tem chamado atenção, pois não fomos nós que pedimos.

Bispo, o diabo já está amarrado! Pois, se ele está se levantando é prova de que o trabalho está incomodando. Quero que o senhor saiba que eu e minha esposa estamos felizes e na fé, pois sabemos que isso é sinal de vitória e vamos continuar partindo pra cima. Estamos bem, e o trabalho continua.

Deus o abençoe! Conte conosco.

Pastor Marcelo Trindade

Colaborou: Bispo Renato Cardoso

Bispo Edir Macedo

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *