Notícia

Ladrão arrependido

Internacional, Noticias, Videoteca |

Diariamente, a mídia divulga notícias de assaltos, sequestros, roubos, etc. O que não é tão comum é ver bandidos arrependidos do mal que cometeram. Mas, no início do mês de outubro, o curioso fato aconteceu na cidade de Guarapuava, no estado do Paraná.

Thiago Sene, que trabalha como técnico em informática, teve seu carro levado enquanto fazia uma entrega a um cliente. Distraído, deixou o carro destrancado e com a chave na ignição. Quando retornou, percebeu o furto.

Ele e a esposa fizeram o boletim de ocorrência, publicaram pedidos de ajuda nas redes sociais e saíram pela cidade procurando o veículo, que foi encontrado no mesmo dia, mas sem os objetos que estavam dentro.

Mas a surpresa maior viria na madrugada seguinte, quando o casal recebeu uma ligação: era o ladrão, que chorava e pedia desculpas pelo que fez. “Ele disse que deixou minhas coisas onde o carro foi levado, atrás de uma árvore, perto do portão. Fomos verificar e realmente estava tudo dentro de uma sacola”, diz Cleviane Sene, esposa de Thiago, em publicação numa rede social.

Junto aos objetos, o ladrão deixou também uma carta (veja ao lado) em que revela que estava afastado da igreja que frequentava. “Minha vida era tranquila. Eu tinha paz, tinha emprego, tinha tudo que precisava, mas me separei de Deus e minha vida virou de cabeça para baixo”, escreveu. Ele relata que perdeu o emprego, ingressou no vício do álcool e emenda uma série de pedidos de desculpas ao casal, que é cristão. “Parece coisa de cinema não? Mas não é, tenho certeza que é o Espírito Santo tocando o coração deste jovem. Estou assustada, comovida, sei lá. Quem deve julgar é somente Deus. Espero, de coração, que ele O encontre”, comentou Cleviane na postagem em sua página.

Verdadeiro arrependimento

A história é bastante curiosa e comove, mas o que fará com que o ladrão não erre novamente e mude sua história é o arrependimento sincero, o que é bem diferente de remorso.

“Arrependimento diz respeito ao racional e remorso ao emocional. Ninguém é perdoado na base do sentimento. Além disso, no remorso não há nenhuma atitude de sacrifício (sacrificar a carne ou o desejo de voltar a cometer o pecado)”, explica o bispo Macedo em seu blog.

Durante reunião no Templo de Salomão, o bispo também abrange melhor o tema. Assista abaixo:

Se você busca forças para recomeçar e largar a vida de pecados, compareça a uma reunião de quarta-feira ou domingo em uma Universal.

Fonte: Universal.org  

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *