Brigas, discussões e traições

Brigas, discussões e traições

Apesar de ter crescido num lar cristão, Gabriel enfrentou o fantasma da depressão na adolescência e só através do apoio dos pais e da fé conseguiu superar a imensa tristeza sentida

Anderson e Gabriele conheceram-se ainda muito jovens, numa festa, através de amigos em comum, surgindo logo o namoro. O casal via-se todos os dias e pareciam entender-se muito bem, por isso, com apenas cinco meses de namoro, foram morar juntos, na casa dos pais dele. Mas o que parecia ser o início de uma vida feliz rapidamente se tornou num pesadelo por causa das muitas brigas e traições por parte de Anderson. Para além disso, a família envolvia-se sempre nas discussões do casal, o que causava ainda maiores conflitos.
Entretanto, Anderson ficou viciado nos jogos e na pornografia e, mesmo comprometido, trocava mensagens com ex-namoradas. “Eu passava as madrugadas a jogar e traia a Gabriele até pela internet, onde conversava com outras mulheres.”

Gabriele por diversas vezes atendeu ligações de mulheres e ex-namoradas de Anderson, o que gerou nela muita insegurança, ciúmes e nervosismo. “A nossa convivência era péssima, brigávamos muito e tornei-me muito nervosa. Sentia que ele tinha enjoado de mim e, então, não aguentei as brigas e as traições, por isso, voltei a morar com a minha mãe.”

Depois de um tempo separados, o casal tentou reatar o relacionamento, morando em casas diferentes. Anderson prometia ser fiel, mas logo Gabriele descobria novas traições. Embora, o tenha perdoado algumas vezes, o desgaste acabou por interromper a relação. Depois de acabarem mais uma vez, Gabriele, sentindo-se deprimida e sozinha, mergulhou na curtição da mesma maneira que Anderson fazia. “Passei a beber e a frequentar festas. E, quando soube que ele estava a namorar, envolvi-me com outros rapazes, pois queria provocá-lo, fingindo que era feliz, mas não era.”

Mesmo com a vida de curtição, Gabriele relata que a cada dia que passava sentia aumentar o vazio dentro de si e que, num encontro com Anderson, descobriu que o seu novo relacionamento tinha chegado ao fim. Foi aí que o rapaz lhe pediu mais uma chance e disse estar disposto a mudar de vida. A convite da mãe de Anderson, passaram ambos a frequentar a Terapia do Amor.

Uma nova história. Ao frequentar as palestras da Terapia do Amor, o casal aprendeu que precisavam, em primeiro lugar, de tratar o interior e livrarem-se da bagagem negativa que carregavam. Com o tempo, Anderson ficou livre dos vícios e conheceu o amor maior. “Conheci o amor que vem do Alto, o amor de Deus, e, depois de assumir um compromisso com Ele, consegui ser fiel a Gabriele. Através das palestras e da leitura do livro ‘Casamento Blindado’, da autoria de Renato e Cristiane Cardoso, pude ter uma visão diferente do que era um relacionamento.”

Por seu lado, Gabriele conta que, depois das palestras, a mudança mais significativa foi no seu temperamento. “Eu era uma mulher muito explosiva, ciumenta e desconfiava de tudo por causa do que ele já tinha aprontado no passado. Mas, depois de colocar em prática o que aprendi nas palestras, sou calma, segura e aprendi o meu real valor, já não sinto mais aquele vazio, nem preciso das curtições para me preencher”.

Depois da transformação interior, o casal selou a união no altar da IURD, numa cerimónia realizada na catedral de Porto Velho. Hoje, Anderson e Gabriele continuam a frequentar as palestras e comparam o seu casamento a um jardim, que precisa de manutenção e cuidados, afirmando que são felizes e desfrutam de um casamento com paz, fidelidade e compreensão.

Anderson Araújo e Gabriele Zacarias, IURD Brasil

Artigos Relacionados

2018-05-13T15:28:14+00:00