Mais um filho de Abraão

…Reconheço por verdade que Deus não faz acepção de pessoas; Atos 10.34

Por essa razão, a Universal tem investido na evangelização nos presídios. E no estado do Texas, nos EUA, não tem sido diferente. A Universal já chegou a nove presídios, sendo um deles de segurança máxima, com execução de pena de morte, conhecido como “Death Row” (Corredor da Morte). Com reuniões diárias, mais de 3 mil detentos têm sido atendidos e eles têm aprendido sobre a fé viva, o perdão e o nascer de novo, além disso, muitos já se batizaram e até receberam a liberdade. É o caso do Casey McCain.

“Minha infância foi ótima! Eu tive tudo o que queria e precisava. Cresci jogando futebol, beisebol e golfe. Na escola, tirava ótimas notas e não tinha com o que me preocupar. Três anos depois do colegial, em 2003, me casei e fiquei casado pouco mais de 13 anos. Tive 3 filhos lindos e vivia a vida, aparentemente, ótima. Nós éramos a típica “família americana”. Eu trabalhava e cuidava da minha família como deveria. Mas estava vivendo do jeito errado.

Uma noite, em 2008, estava em um bar e uma briga começou, eu fui defender o meu amigo, a partir daí, as coisas ficaram difíceis para mim. Depois de toda aquela confusão, duas semanas depois, eu me entreguei à Justiça. Por dois anos, tive varias audiências sobre esse caso, até que em 2010, quando tive o meu julgamento, o júri me condenou a 6 anos de liberdade condicional. Dos 6 anos, eu cumpri 5 anos e meio. Nesse tempo, eu estava saindo muito, indo para baladas e discutindo muito com a minha esposa sobre dinheiro e outros problemas. As coisas já não eram mais as mesmas. Em 2015, me divorciei e comecei a sair com todo o tipo de garotas, usar drogas e álcool. Por 2 meses, eu não compareci às audiências de condicional e a minha liberdade foi revogada, daí eu fui condenado a 6 anos de prisão em regime fechado. Então, eu cumpri 3 anos.”

Mas, durante esse tempo, Casey começou a participar das reuniões realizadas pela Universal naquele presídio. No dia em que primeira igreja foi inaugurada, ele estava lá e tem participado de todas as reuniões, desde então. Obedecendo aos ensinamentos e orientações dos pastores, hoje, um ano depois, Jesus o libertou e o livrou da prisão, e, para a glória de Deus, no dia de 15 de junho realizamos o seu casamento.

“A vida é muito melhor quando você vive para Deus. Mesmo estando encarcerado, eu estava mais livre do que nunca, levando outros presos a conhecer o Senhor Jesus. Tenho feito coisas que nunca pensei que faria, desde então. Hoje posso ajudar muitas pessoas porque Jesus está em mim. Estou livre da prisão há cerca de 4 meses, já tenho o meu próprio negócio e casei recentemente. Jesus é maravilhoso!!! Tudo o que tenho pedido a Deus em oração, Ele tem me abençoado. Hoje, sou um guerreiro da fé. Deus me abençoou para que eu possa ser uma bênção para os outros.

Meu nome é Casey McCain, tenho 36 anos e esta é a minha história.”

Colaborou: Bispo Bira Fonseca

Fonte: Bispo Macedo

 

 

A quem você deve?

Quando temos uma dívida com alguém, passamos a ter um compromisso com aquela pessoa a qual devemos...

- Bispo Edir Macedo

Ele veio para…

Você sabia que o Senhor Jesus não veio a este mundo para salvar os que estão salvos?

- Bispo Edir Macedo