Não subestime

Leia a mensagem de hoje do livro “O Pão Nosso para 365 dias”

“Visto que andamos por fé e não pelo que vemos.” (2 Coríntios 5.7)

Quem pensa que pode andar pela fé e por seus olhos naturais ao mesmo tempo está muito enganado. Ou andamos pela fé, ou pelo que vemos. As duas coisas não podem caminhar juntas. Ou dá crédito à palavra de dúvida, ou dá crédito à Palavra de Deus. As duas coisas ao mesmo tempo? Impossível!

A fé exige exclusividade. O Espírito da fé não divide espaço com espírito de dúvida. Ou a mente está propícia a enxergar com os olhos da fé ou está propícia a enxergar com os olhos naturais. Não tem meio termo. Não tem meio lá, meio cá. Ou enxerga o impossível, ou não enxerga. Ou vê positivamente, ou vê negativamente. Ou é tijolo, ou é barro.

As dificuldades do dia a dia nos forçam a olhar para as circunstâncias. Por isso mesmo é importante viver pela fé. Se você só usar sua fé nos momentos extremos, como se lembrará de usá-la quando uma situação surgir sem aviso? Você sempre vai usar o recurso que estiver mais acostumado a usar. Se for a fé, vai usar a fé. Se for a força do braço, vai usar a força do braço. Se for a ajuda de pessoas, vai usar a ajuda de pessoas.

Seu primeiro recurso inevitavelmente será o que estiver à mão. Se estiver habituado a usar a fé nas pequenas coisas, a usará também nas grandes. Não subestime o poder do uso da fé inteligente. Não subestime o poder de andar pela fé. Não subestime a importância de olhar sempre com os olhos da fé. Não diz “Meu justo viverá pela sua fé somente dentro da igreja” ou “Meu justo viverá pela fé, menos quando a coisa for urgente”. Não! “O Meu justo viverá pela sua fé”. Em todo tempo. Em qualquer situação.

Crie o hábito de viver pela fé inteligente.

(*) Fonte: livro “O Pão Nosso para 365 dias”, do Bispo Edir Macedo

Conheça a Universal mais perto de si.

Fonte: Universal.org

Artigos relacionados