“Só volto se você participar da Terapia do Amor comigo”

“Só volto se você participar da Terapia do Amor comigo”

Lidiane impôs essa condição para reatar com Luís. Eles contam para a Folha Universal como as palestras auxiliaram na construção de um casamento feliz

As telas da TV e do cinema mostram o amor como um sonho romântico no qual não importa o que acontecer porque tudo dará certo no final. Contudo na vida real um relacionamento é muito mais complicado e pode ser difícil para quem não se prepara para ele. Quantos se sentem solitários, seja porque não encontraram um parceiro, seja porque vivem um casamento de aparência?

O que muitos não sabem é que a realização nessa área não é questão de sorte, mas de dedicação. “A maioria dos problemas amorosos é, na verdade, fruto da falta de conhecimento”, diz o apresentador e palestrante Renato Cardoso.

Amor iôiô
Quando conheceu o personal trainer Luís Henrique Carneiro Maluly, de 25 anos, a professora particular de inglês Lidiane Aparecida de Macedo Maluly, de 26 anos (foto a esq.), conta que se apaixonou. Ela diz que a presença dele aparentemente preenchia o vazio interior que ela tinha.

“Amigos em comum nos apresentaram e a atração aconteceu. Não demorou muito para iniciarmos o namoro, mas, infelizmente, depositei nesse amor todas as minhas necessidades, ou seja, se antes buscava preencher o vazio que tinha com compras, troquei por ele.”

Por não se achar bonita nem se valorizar como mulher, Lidiane se tornou muito ciumenta. “Me revelei uma pessoa que nem eu mesma conhecia: totalmente possessiva. Brigávamos muito e até em público”, revela.

Luís decidiu pôr um ponto final no namoro. “Não nos entendíamos e só brigávamos. O ciúme dela me sufocava. Eu não sabia mais o que fazer para dar certo. Então, terminamos”, afirma Luís.

Amor-próprio

Com o término da relação, Lidiane ficou inconsolável. “Ele era meu mundo, então, fiquei sem chão. Desesperada, me lembrei dos convites que tinha recebido para ir à Terapia do Amor e decidi ir conhecer as palestras. Ao chegar lá, foi como se uma venda saísse dos meus olhos”, declara.

Ao colocar em prática os ensinamentos, ela passou a se valorizar e, então, Luís a procurou. “Eu disse que só voltaria se ele participasse da Terapia do Amor comigo. Ele aceitou e, dois anos depois, em 23 de dezembro de 2017, nos casamos na Terapia do Amor da Universal de Presidente Prudente, no interior de São Paulo”, diz.

Hoje eles afirmam que têm um casamento abençoado porque investem na área amorosa. “Esse investimento é dispor do nosso tempo, de algumas horas, para aprender mais sobre o amor inteligente”, conclui Luís.

Fonte: Universal

Artigos Relacionados

2019-04-03T10:27:52+00:00