Violência da Fé Atrevida

Leia a mensagem de hoje do livro “O Pão Nosso para 365 dias”

“E o Deus de Paz, em breve, esmagará debaixo dos vossos pés a satanás (…)” (Romanos 16.20)

A fé que pensa é atrevida, é violenta, é louca, é sobrenatural. Violenta porque não se conforma em crer no Deus de Abraão e viver como Lázaro; violenta porque se recusa crer no Deus de Moisés e ainda viver como escravo dos egípcios; violenta porque rejeita crer no Deus de Josué e não se apossar de Suas promessas; violenta porque não admite crer no Deus de Gideão, ser chamado de irmão e estar sujeito às humilhações dos inimigos; violenta porque se crê que o Deus de Davi é o mesmo, jamais vai permitir que novos Golias prevaleçam.

Violenta porque se o Filho dEle já despojou os principados e potestades, então não admite que estes tenham mais domínio; violenta porque violenta meu ser por inteiro para apoderar-me do Reino dos Céus; violenta porque, apesar de Ele Ser o Deus da Paz, prometeu que esmagaria debaixo dos nossos pés a Satanás; violenta porque está permanentemente revoltada e em guerra contra as forças das trevas.

A violência da fé que raciocina é contra o mundo e o mundo contra quem a possui. Por isso, quem a possui constitui-se amigo de Deus e inimigo do diabo.

“Portanto, quem quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.” (Tiago 4.4)

(*) Fonte: livro “O Pão Nosso para 365 dias”, do Bispo Edir Macedo

Conheça a Universal mais perto de si.

Fonte: Universal.org

Artigos relacionados