Você é uma pessoa de confiança?

Você é uma pessoa de confiança?

Como é possível saber se podemos confiar em alguém? Essa é uma pergunta bem difícil de responder, afinal, não sabemos o que se passa dentro do coração ou quais são os pensamentos de uma pessoa, seja ela o cônjuge, o sócio, um familiar, o amigo.

Mas, para se conquistar a confiança – e também confiar – é preciso que a postura e as atitudes demonstrem caráter e honradez. Quando uma pessoa se habitua a ser honesta, consequentemente, ela se torna íntegra, e pessoas assim inspiram confiança em quem está ao seu redor.

“Quando não somos consistentes em nossas atitudes, deixamos de ser confiáveis, se você é o tipo de cristão que um dia vai à igreja e não volta mais, então, você não é confiável”, disse o Bispo Renato Cardoso, durante o programa “Fala Que Eu Te Escuto”, na rádio 99,3 FM.

A confiança é um ato de decisão, e ela tem dois lados: o de quem resolve confiar e o de quem se confia. Claro, há os grandes mentirosos que se disfarçam de honestos, mas não tardam a serem desmascarados. “Seja confiável e atraia para perto de você pessoas com essa mesma característica”, orientou o Bispo.

E acrescentou: “Estou falando sobre fidelidade, caráter leal, porque você espera isso das pessoas, espera fidelidade do seu parceiro, da esposa, da mãe, do marido e do pai. E assim como nós esperamos fidelidade das pessoas, Deus espera de nós”.

“De sorte que as línguas são um sinal, não para os fiéis, mas para os infiéis; e a profecia não é sinal para os infiéis, mas para os fiéis.” (1 Coríntios 14.22)

“Muitas pessoas não tomam posse das promessas de Deus, pois as repetem como se elas fossem palavras mágicas, mas não, essas promessas só se cumprem para aqueles que são confiáveis, para os fiéis, para os que creem, não importando o que aconteça. Seja fiel, e então as profecias se cumprirão na sua vida”, finalizou o Bispo.

Fonte: Universal

Artigos Relacionados

2018-05-17T08:07:15+00:00